PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Inflação desacelera nos EUA

31/10/2019 12h30

Washington, 31 Out 2019 (AFP) - A queda nos preços dos combustíveis e produtos manufaturados desacelerou a inflação nos Estados Unidos no mês passado, segundo dados oficiais do Departamento de Comércio divulgados nesta quinta-feira.

As baixas dos preços reverteram alguns aumentos em agosto e podem ser vistas como um endosso da decisão do Federal Reserve na quarta-feira de reduzir as taxas de juros.

Em setembro, o índice PCE de gastos do consumidor - a medida favorita do Fed para monitorar a evolução dos preços - permaneceu nos níveis de agosto, em linha com as expectativas dos analistas.

Em relação a setembro do ano passado, o índice desacelerou para 1,3%, sua marca mais fraca desde fevereiro.

Sem considerar os preços voláteis de alimentos e combustíveis, o índice básico também permaneceu estável em relação a agosto, e a comparação anual também desacelerou para 1,7%.

Alguns economistas dizem que o aumento dos salários e a escassez de mão de obra começaram a aumentar a inflação nos EUA.

Mas o Fed cortou sua taxa básica de empréstimos esta semana pela terceira vez consecutiva para ajudar a isolar a economia dos EUA dos riscos da desaceleração do crescimento global e impulsioná-la em meio à longa guerra comercial do presidente Donald Trump com a China.

O Comitê Monetário reduziu a taxa de referência em um quarto de ponto percentual (0,25%), fixando-a entre 1,50% e 1,75%.

Embora a inflação permaneça longe da meta de 2%, Jerome Powell, presidente do Fed, disse estar confiante de que alcançará esse nível.

vmt/nas/mls/lda/cn