PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Arianespace prevê lançamento de mais de 300 satélites em 2020

07/01/2020 12h49

Paris, 7 Jan 2020 (AFP) - A Arianespace pretende lançar mais de 300 satélites em 2020, metade do total posto em órbita em 40 anos, graças ao envio da constelação OneWeb - afirmou seu CEO, Stéphane Israel, nesta terça-feira (7).

O ano de 2020 se anuncia como crucial para a empresa encarregada da exploração e comercialização dos lançadores europeus, que celebra seus 40 anos.

Antes do fim do ano, a comissão pretende realizar os lançamentos inaugurais dos foguetes Ariane 6 e Vega C.

Desde 1980, Arianespace lançou 616 satélites. Este ano, lançará "mais de 300, graças, sobretudo, à continuação do envio dos satélites OneWeb e da missão Rideshare SSMS" a bordo do foguete italiano Vega, que transportará cerca de 40 satélites pequenos.

Além dos voos inaugurais do Ariane 6 e do Vega C, "em 2020, cabe esperar que sejam feitos até 12 lançamentos da Guiana: cinco Ariane 5, quatro Soyuz e três Vega", afirmou Israel, em entrevista coletiva.

"A estas missões vão-se somar outros dois cosmódromos russos de Baikonur e Vostochny. Planejamos uma meta de oito lançamentos para OneWeb, sabendo que, se houver mais satélites prontos, estamos prontos para mais lançamentos", acrescentou o CEO.

Cada Soyuz pode levar até 34 satélites da constelação OneWeb. No mercado dos satélites geoestacionários de telecomunicações, núcleo histórico da atividade da Arianespace, houve um grande salto em 2019.

mra/tq/spi/mab/age/tt