PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Coronavírus atrasa compras da China nos EUA, diz assessor de Trump

04/02/2020 16h57

Washington, 4 Fev 2020 (AFP) - O coronavírus atrasa grandes compras chinesas de produtos norte-americanos segundo o acordo comercial assinado no mês passado, disse nesta terça-feira (4) o consultor econômico da Casa Branca Larry Kudlow.

"A explosão de exportações esperada com esse acordo comercial levará mais tempo por causa do vírus chinês. É verdade", admitiu Kudlow, entrevistado pela Fox Bussiness.

A China se comprometeu a aumentar suas compras de produtos norte-americanos, especialmente produtos agrícolas e manufaturados, em US$ 200 bilhões nos próximos dois anos.

No entanto, Washington acredita que o coronavírus tem um "impacto mínimo" em sua economia. "O mundo não está em Wuhan", disse ele em referência à capital da província chinesa de Hubei, onde a epidemia começou.

"O mundo não parou. Nos Estados Unidos temos uma economia muito dinâmica", acrescentou.

Uma dezena de províncias chinesas, a maioria delas altamente industrializadas, ordenou que suas fábricas e empresas consideradas não essenciais permanecessem fechadas até 9 de fevereiro.

Uma das consequências da menor produção chinesa é que "pode acelerar a produção aqui nos Estados Unidos, o que seria muito benéfico", disse Kudlow.

"Os Estados Unidos são a maior economia mundial. Temos cadeias de suprimentos aqui", afirmou.

Na semana passada, o secretário de Comércio Wilbur Ross foi amplamente criticado ao afirmar que a menor produção industrial da China ajudaria "a impulsionar o retorno de empregos à América do Norte".

jul/vog/sdu/gm/gv/cc/mvv

PUBLICIDADE