PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Fernández: Argentina melhorará oferta a credores sem arriscar sustentabilidade da dívida

10/06/2020 20h07

Buenos Aires, 10 Jun 2020 (AFP) - O presidente Alberto Fernández disse nesta quarta-feira que a Argentina quer encontrar um acordo com os credores para reestruturar sua dívida, pela qual melhorará sua oferta, mas sem comprometer a sustentabilidade da dívida e da economia.

"Está claro que a Argentina precisa encontrar um acordo com os credores, está claro que os credores não aceitaram a oferta, está claro que a Argentina vai melhorar sua oferta", disse o presidente à Rádio 10, antes de uma reunião com o ministro da Economia, Martín Guzmán, "para ver os detalhes finais" da nova proposta.

A Argentina negocia para reestruturar uma dívida de US$ 66 bilhões emitida sob leis estrangeiras.

Fernández não descartou a prorrogação do prazo de negociação com os credores por mais 10 dias, a partir de 12 de junho, quando expirar o prazo previamente estabelecido.

"A oferta que faremos não colocará em risco a sustentabilidade da dívida e da economia argentina", reiterou o presidente.

"Não quero mais morar em uma Argentina que precisa escolher entre um aumento para os aposentados ou pagar a dívida", alertou. "Quero uma dívida que possamos pagar e que não estamos sacrificando para aqueles que têm menos", disse.

A Argentina entrou em default em 22 de maio, quando deixou de pagar US$ 500 milhões em juros de três dos títulos sujeitos a swap.

No entanto, espera-se que, com a reestruturação, a moratória seja superada.

ls/nn/mr/cc