PUBLICIDADE
IPCA
0,26 Jun.2020
Topo

Persiste 'grande incerteza' sobre recuperação da economia dos EUA, diz Fed

16/06/2020 13h28

Washington, 16 Jun 2020 (AFP) - Apesar de alguns sinais positivos recentes, a "grande incerteza" permanece sobre a recuperação da economia dos Estados Unidos - disse o presidente do Federal Reserve (Fed, Banco Central), Jerome Powell, nesta terça-feira (16).

E, a menos que a população tenha certeza de que a epidemia da COVID-19 foi superada, "uma recuperação total é pouco provável", alertou Powell em seu testemunho semestral diante do Comitê Bancário do Senado.

Powell prometeu, mais uma vez, que o Fed usará todas as suas ferramentas para ajudar a garantir a recuperação do país.

Embora tenha havido um aumento surpreendente no emprego em maio, quase 20 milhões de postos de trabalho foram perdidos desde fevereiro, e a contração do Produto Interno Bruto (PIB) no trimestre de abril a junho "é provavelmente a mais grave já registrada" nos Estados Unidos, afirmou.

Mesmo com alguns dados promissores, "os níveis de produção e emprego permanecem muito abaixo dos níveis anteriores à pandemia, e persiste uma grande incerteza sobre o momento e a força da recuperação", alertou.

Powell disse que o golpe econômico do fechamento de empresas e negócios para conter a propagação do vírus "não atingiu todos os americanos por igual".

"Os menos capazes de resistir à recessão foram os mais afetados", disse ele, observando que a maior perda de emprego se deu entre hispânicos, afro-americanos e mulheres.

"Se não for contida e revertida, a recessão poderá ampliar ainda mais as lacunas no bem-estar econômico que a longa expansão havia conseguido começar a fechar", declarou.

A economia dos Estados Unidos entrou em recessão em fevereiro, encerrando 128 meses de crescimento em meio uma brutal queda no crescimento causada pela pandemia.

Mesmo antes que as ordens para interromper a atividade em todo país entrassem em vigor a partir de meados de março, o Fed reduziu a zero as taxas de juros e inundou o sistema financeiro com dinheiro. Depois, acelerou uma série de programas de empréstimos para apoiar empresas e governos estaduais e locais.

"Estamos comprometidos com usar toda nossa gama de ferramentas para apoiar a economia e ajudar a garantir que a recuperação desse período difícil seja a mais sólida possível", frisou Powell.

No entanto, as ações do Federal Reserve "são apenas uma parte de uma resposta mais ampla do setor público", afirmou.

E - completou - o apoio direto que somente o Congresso pode proporcionar "pode fazer uma diferença crucial, não apenas para ajudar famílias e empresas em um momento de necessidade, como também para limitar o dano permanente à nossa economia".

hs-ad/gm/tt

Economia