PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Comissão Europeia aprova plano de ajuda alemão para a Lufthansa

25/06/2020 07h03

Bruxelas, 25 Jun 2020 (AFP) - A Comissão Europeia aprovou nesta quinta-feira (25) o projeto da Alemanha de recapitalizar a Lufthansa, maior grupo de transporte aéreo do continente, com 6 bilhões de euros (6,747 bilhões de dólares), para que a empresa consiga enfrentar a crise provocada pelo coronavírus.

A medida é parte de um plano de ajuda mais amplo que prevê ainda o aval do Estado a um crédito de três bilhões de euros para a empresa, como parte das ajudas aprovadas por Bruxelas em março, explica o Executivo europeu em um comunicado.

O plano de ajuda, de 9 bilhões de euros (10,145 bilhões de dólares) no total, prevê que o Estado alemão assuma 20% do capital do grupo, que enfrenta uma crise sem precedentes.

"A ajuda vem acompanhada de condições, incluindo assegurar uma remuneração suficiente ao Estado e outras medidas para limitar as distorções à concorrência", afirmou a comissária europeia da Concorrência, Margrethe Vestager, em um comunicado.

Mesmo com a ajuda pública, os próximos anos serão difíceis para Lufthansa.

A retomada das operações será gradual. Em setembro, o grupo prevê uma oferta ainda 60% abaixo do normal.

A Lufthansa planeja cortar até 22.000 postos de trabalho de tempo integral, ou seja 16% dos funcionários em todo o planeta, metade deles na Alemanha.

O grupo alemão advertiu que sem ajuda teria que recorrer à proteção da legislação alemã de falências.

zap/af-tjc/bl/fp