PUBLICIDADE
IPCA
0,26 Jun.2020
Topo

UE quer investigação sobre supervisão alemã do caso Wirecard

26/06/2020 07h48

Bruxelas, 26 Jun 2020 (AFP) - A Comissão Europeia pediu aos supervisores europeus uma investigação preliminar sobre a administração do caso Wirecard da empresa de pagamentos on-line pela autoridade supervisora alemã, em uma carta à qual a AFP teve acesso nesta sexta-feira (26).

Na carta enviada na quinta-feira à noite (25) para o presidente da Autoridade Europeia de Valores Mobiliários e Mercados (ESMA, na sigla em inglês), Steven Maijoor, Bruxelas pede uma "análise preliminar" até 15 de julho.

Suspeita de inflar suas contas com fundos de fachada nas Filipinas, a empresa alemã que emprega 6.000 pessoas anunciou sua falência ontem.

O governo alemão denunciou um "escândalo sem precedentes no mundo das finanças" e anunciou um endurecimento dos controles nesse setor, ainda pouco monitorado.

O vice-presidente da Comissão Europeia, Valdis Dombrovskis, garantiu ao jornal "Financial Times" que a investigação deve determinar "se houve falhas na supervisão e, em caso afirmativo", estudar "um possível curso de ação".

Com base nos resultados dessa investigação preliminar, pode haver uma investigação completa que termine, posteriormente, com um relatório da ESMA listando as deficiências e recomendando soluções à autoridade alemã BaFin.

clp-tjc/af/tt

Economia