PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Zona euro registra seu maior crescimento da atividade privada em dois anos

24/07/2020 08h40

Bruxelas, 24 Jul 2020 (AFP) - O crescimento da atividade privada na zona do euro aumentou em julho, pela primeira vez desde fevereiro, e atingiu seu nível mais alto em dois anos - informa a primeira estimativa da consultoria Markit divulgada nesta sexta-feira (24).

O índice PMI, que registra a atividade do setor privado, atingiu 54,8 pontos em julho, contra 48,5 em junho, graças ao "relaxamento das medidas de confinamento" relacionadas ao coronavírus.

Quando o PMI é superior a 50 pontos, isso significa uma progressão da atividade, enquanto um valor mais baixo indica um recuo.

"A melhoria da conjuntura refletiu, em parte, uma recuperação técnica da atividade após o recente período de confinamento nos vários países da região, com um número crescente de empresas que agora retomaram suas atividades como resultado de uma nova flexibilização das medidas para combate ao vírus", explica a Markit, em seu comunicado.

O índice registrou uma queda histórica em abril (13,6), antes de melhorar em maio (31,9) e depois em junho (48,5).

Os dados da pesquisa da Markit continuam "sugerindo a possibilidade de uma forte recuperação da economia da região, após um colapso sem precedentes no segundo trimestre", disse o economista Chris Williamson.

Em contrapartida, "a evolução de outras variáveis, como trabalho em curso, ou emprego, revela os riscos de deterioração das perspectivas de crescimento", acrescenta.

Sua primeira preocupação é "que a recuperação se esgote para além da retomada inicial da atividade", pois as empresas continuam a "reduzir seus funcionários em um ritmo preocupante".

zap/alm/dga/bc/mis/tt

MARKIT