PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Pedidos semanais de seguro-desemprego nos EUA voltam a subir para 1,1 milhão

20/08/2020 10h53

Washington, 20 Ago 2020 (AFP) - Os pedidos de seguro-desemprego voltaram a subir na semana passada nos Estados Unidos, ultrapassando novamente a faixa do milhão, de acordo com dados divulgados nesta quinta-feira (20) pelo Departamento do Trabalho.

De 9 a 15 de agosto, 1,1 milhão de pessoas pediram esses auxílios, um número maior do que o esperado pelos especialistas (990.000).

Na semana anterior, o número de pedidos havia ficado abaixo de um milhão pela primeira vez desde o início de março com 971.000 inscritos, segundo os dados revisados para cima.

Um total de 14,8 milhões de pessoas cobraram indenizações por desemprego durante a semana do 2 ao 8 de agosto, de acordo com dados publicados uma semana depois.

Ao acumular os subsídios pagos pelo governo federal, por cada um dos 50 estados e por autoridades locais, o número de beneficiados era, no final de julho, um pouco maior do que 28 milhões de pessoas, segundo dados publicados duas semanas depois.

Os desempregados enfrentam desde o início de agosto a perda de um auxílio essencial de 600 dólares por semana, benefício aprovado no final de março pelo governo de Donald Trump e pelo Congresso como parte de um pacote de estímulo econômico maciço.

A Casa Branca e os democratas no Congresso concordaram em estender o auxílio, mas ainda não chegaram a um acordo para determinar o valor do novo subsídio.

O presidente Trump assinou uma ordem executiva para uma extensão temporária deste auxílio com um valor reduzido de no máximo 400 dólares - 300 dólares pagos pelo governo federal e 100 dólares por cada estado. Cada governo estadualé livre para participar ou não deste programa. Dakota do Sul, por exemplo, se recusou a fazer parte.

jul/jum/pcm/lda/gfe/aa