PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Banda de K-pop BTS é a primeira totalmente sul-coreana no topo da parada musical dos EUA

31/08/2020 19h15

Nova York, 31 Ago 2020 (AFP) - A sensação do K-pop, BTS, se tornou a primeira banda sul-coreana a liderar a parada musical nos Estados Unidos, anunciou a Billboard nesta segunda-feira(31), com o single em inglês "Dynamite" atingindo o primeiro lugar.

O marco sedimenta o domínio global da boy band de sete membros, após derrotar pesos pesados americanos, incluindo Lady Gaga, Ariana Grande e Taylor Swift, para ganhar o prêmio na categoria Pop no MTV Video Music Awards de domingo.

Primeiro hit do BTS cantado totalmente em inglês, "Dynamite" foi lançado em 21 de agosto e atingiu 33,9 milhões de transmissões nos Estados Unidos em apenas uma semana, com 300.000 unidades vendidas.

Ao garantir o primeiro lugar, a canção supera o hit "WAP", de Cardi B, com a participação da rapper Megan Thee Stallion, que ocupou o primeiro lugar por duas semanas consecutivas.

A conquista do BTS vem depois de alcançar o quarto lugar da Billboard Hot 100 em março com sua música "On".

Três dos álbuns do BTS alcançaram o primeiro lugar nas paradas de álbuns da Billboard, mas este é seu primeiro hit top 100 da lista.

O Hot 100 de todos os gêneros da Billboard combina streaming dos EUA, airplay de rádio e dados de vendas digitais para classificar os maiores sucessos.

BTS é o primeiro grupo totalmente sul-coreano - composto por J-Hope, Jimin, Jin, Jungkook, RM, Suga e V - a reinar nas paradas.

O solista sul-coreano PSY alcançou a segunda posição por sete semanas no outono de 2012 com "Gangnam Style".

O primeiro artista asiático a chegar ao topo das paradas foi o japonês Kyu Sakamoto com "Sukiyaki", que ocupou o ranking por três semanas em junho de 1963.

O K-pop - junto com as novelas K-drama - tem sido uma das exportações culturais de maior sucesso da Coreia do Sul.

Um componente chave da "onda coreana" que varreu a Ásia e além nas últimas duas décadas, a indústria do K-pop tem valor estimado em cerca de 5 bilhões de dólares.

mdo/ft/jc/am