PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Alemanha acredita em reativação econômica e que evitará novo confinamento

01/09/2020 10h02

Frankfurt am Main, 1 Set 2020 (AFP) - A Alemanha poderá evitar uma nova fase de confinamento generalizado apesar de um aumento nos casos de contágio por covid-19 - considerou nesta terça-feira (1) o ministro da Economia, Peter Altmaier, que também espera uma recessão para 2020 menos severa que o previsto.

"Estou convencido de que podemos e iremos evitar um segundo confinamento geral", disse Altmaier, em uma entrevista coletiva, na qual apresentou as novas projeções econômicas, mais otimistas do que as anteriores, para a maior economia europeia.

"Estamos diante de uma evolução em forma de V", caracterizada por uma veloz recuperação após uma queda profunda, acrescentou ele, mostrando às câmeras um gráfico com a curva de crescimento.

Isso prova que a recuperação econômica "é até possível em tempos de coronavírus".

A vigilância continua a ser fundamental, porém.

"Não estamos fazendo novas flexibilidades e respeitamos as regras de barreira, higiene, uso de máscara e distanciamento social", frisou o ministro.

Nesse contexto, o governo melhorou um pouco suas projeções e, agora, espera uma queda de 5,8% do PIB em 2020, inferior aos 6,3% anunciados anteriormente.

Embora até agora tenha resistido à pandemia melhor do que os países vizinhos, a Alemanha registrou quase 1.250 novos casos de covid-19 por dia, em média, na última semana, contra menos de 500 durante julho e agosto.

Mesmo longe do recorde do início de abril, com cerca de 6.000 casos diários, o governo intensificou algumas restrições na semana passada, especialmente no que diz respeito aos controles de cumprimento das quarentenas impostas aos viajantes de países de risco.

A proibição de reuniões de mais de 50 pessoas continua até o final do ano.

Recentemente, a chanceler Angela Merkel alertou que espera uma evolução "ainda mais difícil" da pandemia nos próximos meses.

ys/jpl/age/af/tt

ING GROEP