PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Foguete europeu Vega decola de Kuru

03/09/2020 07h30

Paris, 3 Set 2020 (AFP) - O foguete europeu Vega decolou na madrugada desta quinta-feira (3) de Kuru, na Guiana Francesa, e completou sua missão com sucesso, após seu lançamento ter sido adiado várias vezes.

O lançador europeu, o mais leve da família Arianespace e com cerca de 50 pequenos satélites a bordo, decolou às 22h51.

Quarenta minutos após a decolagem, em uma sequência de cerca de dez minutos, Vega colocou os sete microssatélites a bordo em órbita, como estava previsto.

Uma hora depois, com dois minutos de intervalo, o foguete se separou de dois Cubesats, com 46 nanossatélites no total.

Esta missão, a VV16, é um voo de validação do novo serviço europeu de lançamento de pequenos satélites.

Foi o primeiro voo do foguete Vega desde a falha registrada no verão de 2019, que terminou em autodestruição como medida de precaução.

O próximo lançamento do Centro Espacial ocorrerá em meados de outubro, quando um foguete Soyuz decolar.

"É um lindo símbolo, depois de um Ariane 5, agora o Vega. E, em outubro, estaremos com a Soyuz. Isso ilustra nossa família de lançadores", comentou Stéphane Israel, CEO da Arianespace, durante a missão.

Vega representa um desafio crucial para a Europa espacial, que entra assim em um mercado em expansão, onde a concorrência - especialmente da American SpaceX - é feroz.

A missão "VV16" é seu primeiro lançamento compartilhado (ou "rideshare") e terá de colocar 53 satélites de 21 clientes diferentes, de 13 países, em órbita baixa.

Este "cluster" é composto por sete pequenos satélites (pesando entre 15 kg e 150 kg), bem como 46 nanossatélites.

Suas aplicações vão da comunicação à observação da Terra, passando pela pesquisa científica.

A última vez que o lançamento foi adiado foi na terça-feira passada, devido a um tufão que passou próximo a uma estação de monitoramento localizada na Coreia do Sul.

juc/dth/jvb/lda/tt