PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Total desiste de operar cinco blocos de exploração no Brasil

07/09/2020 08h10

Paris, 7 Set 2020 (AFP) - O grupo petroleiro francês Total anunciou nesta segunda-feira que encerra seu papel de "operador" em cinco blocos de exploração no Brasil, na bacia da Foz do Amazonas, onde seus projetos foram questionados por organizações ambientais.

"Notificamos em 19 de agosto a nossos sócios sobre a nossa renúncia ao papel de operador de cinco blocos de exploração na Foz do Amazonas", afirmou a empresa em um comunicado, que não explica os motivos da decisão.

Procurado pela AFP, o grupo não fez comentários.

Os blocos de exploração afetados são: FZAM- 57, FZA-M-86, FZA-M-88, FZA-M-125 e FZA-M-127.

A Total anunciou que informou a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) "sobre esta decisão, que abre um período de seis meses durante o qual será designado um novo operador e ao qual serão transferidas as atividades".

"Durante este período, a Total tem a obrigação de seguir com os processos administrativos em nome de seus sócios Petrobras e BP", completa o comunicado.

A Total se associou à britânica BP e Petrobras em 2013 para adquirir os blocos de exploração na Foz do Amazonas.

kd/meb/zm/fp