PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Turquia exige condenação de jornal grego por insultar presidente Erdogan

19/09/2020 11h01

Istambul, 19 Set 2020 (AFP) - A Turquia condenou, neste sábado (19), a publicação no jornal grego "Demokratia" de uma manchete em turco, convidando o presidente Recep Tayyip Erdogan a "ir à m...", e exigiu das autoridades gregas que levem os responsáveis à Justiça.

"O governo turco condena veementemente a publicação de insultos contra nosso presidente (...) na primeira página de um jornal de extrema direita", declarou o diretor de Comunicação da Presidência turca, Fahrettin Altun.

Ele também pediu às autoridades gregas que processem os responsáveis por este ato "sem vergonha".

A manchete "Siktir Git Sr. Erdogan", que em tradução livre significa "vá à m...", aparece perto de uma foto do presidente turco no jornal grego, em que a tradução em inglês também é adicionada.

O Ministério grego das Relações Exteriores afirmou que a liberdade de expressão é garantida na União Europeia (UE), bloco ao qual a Grécia pertence, embora tenha ressaltado que "o uso de insultos é contrário à cultura política do nosso país e deve ser condenado".

Na sexta-feira, o Chancelaria turca convocou o embaixador grego em Ancara. O chefe da diplomacia turca, Mevlut Cavusoglu, denunciou "uma manchete vil contra o presidente Erdogan".

Este incidente ocorre em meio a uma escalada entre os dois países no Mediterrâneo oriental, agravada desde o final de agosto por manobras militares rivais.

fo/ial/cls/me/pc/tt