PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

As principais verificações da AFP nesta semana

09/10/2020 09h22

Rio de Janeiro, 9 Out 2020 (AFP) - Veja a seguir a seleção das principais verificações da AFP nesta semana:

1 - URNAS ELETRÔNICAS SÃO "MALANDRAGEM"?

Publicações compartilhadas mais de 30 mil vezes desde outubro de 2017 são ilustradas com a fotografia de um homem vestido com a camisa do Brasil e segurando um cartaz com a frase "Urna eletrônica não é tecnologia, é malandragem". Contudo, desde que começou a ser usada, há mais 20 anos, não houve nenhuma confirmação de fraude em eleição com urnas eletrônicas, além da possibilidade do equipamento ser auditável.

http://u.afp.com/UrnasEletronicas

2 - TSE EXCLUIU A BIOMETRIA DAS ELEIÇÕES APENAS PARA ELEITORES NÃO USAREM O DEDO

Publicações compartilhadas mais de 3,6 mil vezes nas redes sociais desde o final de julho deste ano afirmam que o Tribunal Superior Eleitoral decidiu não empregar a identificação biométrica nas eleições municipais de novembro para "não usar o dedo" devido à covid-19, ironizando o fato de, nas urnas eletrônicas, ser necessário pressionar os botões. O protocolo sanitário elaborado pelo TSE explica, contudo, que a exclusão da biometria ocorreu para evitar aglomeração e formação de filas, além de reduzir as superfícies de contato com objetos.

http://u.afp.com/ExclusaoBiometria

3 - SOMENTE BRASIL, CUBA E VENEZUELA USAM URNA ELETRÔNICA

Publicações compartilhadas mais de 36,3 mil vezes desde fevereiro de 2018 afirmam que, de "193 países no mundo", as urnas eletrônicas são utilizadas apenas em duas nações além do Brasil: Cuba e Venezuela. Essa afirmação, contudo, é falsa. Outros 15 países empregam urnas eletrônicas e, em Cuba, as votações são feitas por meio de cédulas de papel. Sobre a quantidade de países, não há um levantamento único, mas o Brasil reconhece a existência de 196 nações.

http://u.afp.com/Urna3Paises

4 - EX-PRESIDENTE LULA DOOU UMA REFINARIA À BOLÍVIA

Publicações compartilhadas mais de 323 mil vezes nas redes sociais desde 2018 sugerem que o ex-presidente Lula seria o responsável pelo valor do gás, pois ele teria doado uma refinaria à Bolívia e agora o Brasil pagaria mais caro na importação deste insumo. Esta alegação é, no entanto, falsa. Durante o processo de nacionalização da exploração do petróleo e gás da Bolívia, a Petrobras vendeu as suas duas refinarias que estavam em solo boliviano pelo valor de 112 milhões de dólares.

http://u.afp.com/LulaRefinariaBolivia

5 - MENINA BRINCANDO COM FOGO RESPONSÁVEL POR INCÊNDIO EM MERCADO ESTE ANO

Publicações que mostram o vídeo de uma menina mexendo com fósforo dentro de um supermercado e o associam com o incêndio ocorrido em um mercado em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, têm sido compartilhadas mais de 49 mil vezes nas redes sociais desde o último dia 17 de setembro. As sequências, contudo, não têm relação, pois a gravação da criança com o fósforo foi feita em 2018 em um estabelecimento em Niterói.

http://u.afp.com/IncendioMercado

6 - JOE BIDEN USOU PONTO ELETRÔNICO EM DEBATE COM TRUMP?

Publicações compartilhadas centenas de vezes nas redes sociais desde o final de setembro asseguram que o candidato democrata à Casa Branca, Joe Biden, usou um ponto eletrônico para receber instruções durante o primeiro debate com o presidente dos Estados Unidos e candidato republicano à reeleição, Donald Trump, no último dia 29 de setembro. As supostas evidências, contudo, são uma prega em sua camisa e um rosário que usa no punho.

http://u.afp.com/PontoBiden

7 - PAPA FUMA AO LADO DO EX-PRESIDENTE BOLIVIANO EVO MORALES

Uma imagem compartilhada mais de 4,5 mil vezes nas redes sociais desde o final de setembro supostamente mostra o papa Francisco fumando ao lado de Evo Morales, ex-presidente da Bolívia. No entanto, trata-se de uma montagem feita a partir de duas fotografias e o cigarro na boca do papa foi inserido digitalmente, pois o registro original mostra que ele estava mandando um beijo.

http://u.afp.com/PapaFumando

cb/