PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Ação da Airbnb dispara na estreia em Wall Street

10/12/2020 19h28

Nova York, 10 dez 2020 (AFP) - O preço da ação da Airbnb disparou em Wall Street nesta quinta-feira, elevando a plataforma de aluguel de imóveis a uma elite de empresas com altíssimo valor no mercado de ações.

O papel da empresa fechou a 144,71 dólares, 113% a mais do que o preço fixado para a oferta pública inicial na Nasdaq, de 68 dólares, em um sinal de avidez por ações de empresas que se adaptaram às mudanças no estilo de vida impostas pela pandemia do novo coronavírus.

Com esse preço, a Airbnb é avaliada em cerca de 100 bilhões de dólares no mercado acionário, segundo a Bloomberg.

- Obstáculos superados -Fundada há 13 anos, em San Francisco, a empresa revolucionou a indústria do turismo e as viagens a negócios. Brian Chesky e Joe Gebbia buscavam, em 2007, uma forma de pagar seu aluguel e criaram um site batizado de AirBedandBreakfast.com para oferecer aos participantes de uma conferência hospedagens baratas em colchões infláveis.

Em 2008, o especialista em informática Nathan Blecharczyk se uniu à dupla e os três criaram, oficialmente, o Airbnb. À medida que uma crise financeira grave se espalhava pelo mundo, a ideia de encontrar hospedagens por temporada mais baratas ou conseguir dinheiro alugando um imóvel foi ganhando simpatizantes rapidamente.

Mas a plataforma encontrou obstáculos pelo caminho. Autoridades municipais e do setor de hotelaria restringiram a atividade da empresa, preocupadas ao verem imóveis particulares se convertendo em hotéis, privando a pessoas de eventuais residências, favorecendo a especulação imobiliária e gerando déficit para o setor hoteleiro tradicional. Ainda assim, a plataforma conta, atualmente, com 4 milhões de anfitriões e mais de 825 milhões de clientes.

O grupo foi bastante afetado pela pandemia e viu seu faturamento interanual nos primeiros nove meses de 2020 cair 32%. A empresa precisou arrecadar com urgência 2 bilhões de dólares para enfrentar a crise e demitir cerca de 25% de seus funcionários, o que lhe permitiu se recuperar durante as férias de verão no Hemisfério Norte, quando ganhou 219 milhões de dólares.

Ao comprar ações da plataforma, os investidores sentem que estão apostando no surgimento de um novo gigante do setor, explicou Gregori Volokhine, gerente de carteira da Meeschaert Financial Services. O simples fato de a empresa conseguir gerar lucros trimestrais também pode ser um ativo em Wall Street, onde muitas empresas da chamada economia colaborativa, como a Uber, abriram seu capital sem nunca terem conseguido ser rentáveis.

bur-rl/ec/ll/yow/mvv/lb