PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Inflação tem aumento sutil em novembro nos EUA

10/12/2020 14h54

Washington, 10 dez 2020 (AFP) - A inflação aumentou 0,2% em novembro nos Estados Unidos, um ritmo ainda fraco, mas levemente superior ao esperado 0,1%, segundo o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), publicado nesta quinta-feira (10) pelo Departamento do Trabalho.

Excluindo os preços voláteis dos alimentos e da energia, a chamada inflação subjacente aumentou 0,2%.

Os preços da alimentação caíram em novembro, pois o leve aumento dos preços das refeições em restaurantes e para levar foi compensado pela diminuição dos preços dos produtos alimentícios.

A energia, por sua vez, aumentou, impulsionada pela carestia do gás natural e da eletricidade, enquanto o combustível continuou sua queda.

No comércio varejista, aumentaram os preços dos alojamentos turísticos, o mobiliário, as atividades de lazer, vestuário, bilhetes de avião e seguros para carros.

Ao contrário, caíram os preços dos carros novos e usados e de atenção médica.

Em 12 meses, o IPC se mantém em 1,2%, muito abaixo do objetivo de 2% do Federal Reserve (Fed, banco central) dos Estados Unidos, que recentemente flexibilizou sua política de inflação.

Para ajudar o país a enfrentar a crise provocada pela covid-19, o Fed poderá tolerar, durante um prazo determinado, uma inflação superior a 2%, limite que tradicionalmente a leva a aumentar suas taxas de referência.

A inflação subjacente em 12 meses é de 1,6%.

jul/jum/etr/ll/rs/mvv