PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Morre o banqueiro Joseph Safra, o homem mais rico do Brasil

10/12/2020 14h36

Rio de Janeiro, 10 dez 2020 (AFP) - O banqueiro libanês-brasileiro Joseph Safra, o homem mais rico do Brasil, morreu nesta quinta-feira (10) aos 82 anos "de causas naturais", em São Paulo, anunciou em um comunicado o banco que leva seu nome.

Nascido em 1938 em Beirute, membro da comunidade judaica libanesa, Safra emigrou para o Brasil em 1962 para assumir, junto com os irmãos, o banco fundado pelo pai, que morreu no ano seguinte.

O grupo Safra se tornou um império financeiro com operações em mais de 25 países atualmente.

Joseph Safra era o homem mais rico do Brasil e possuía a 63ª maior fortuna do mundo, estimada em 23,2 bilhões de dólares, segundo a revista Forbes.

Mecenas e filantropo, Safra doou parte de sua fortuna a projetos de pesquisa médica.

Também adquiriu esculturas do francês Auguste Rodin para doá-las à Pinacoteca de São Paulo, um dos principais museus da cidade.

Em 1999, seu irmão, Edmond, e uma enfermeira morreram asfixiados durante um incêndio provocado intencionalmente por outro enfermeiro em seu apartamento em Mônaco, um caso que teve forte repercussão internacional.

lg/pt/pr/js/rsr/mvv