PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Twitter cede ao governo e bloqueia contas ligadas a protestos de agricultores na Índia

02/02/2021 08h05

Nova Délhi, 2 Fev 2021 (AFP) - O Twitter bloqueou temporariamente, na segunda-feira (1), um grande número de contas e de tuítes na Índia, a pedido do governo, incluindo os de uma revista e de vários agricultores que organizam manifestações na capital.

Uma fonte do Ministério de Tecnologias da Informação disse à AFP que o governo pediu ao gigante das redes sociais que tomasse medidas contra cerca de 250 contas e mensagens do Twitter por considerar que representavamuma "séria ameaça à ordem pública".

Algumas contas foram bloqueadas por várias horas na tarde de ontem, até terem seu acesso liberado novamente.

Desde 26 de novembro, dezenas de milhares de agricultores, principalmente de Punjab (norte), manifestam-se em acampamentos montados nas principais estradas da periferia de Nova Délhi.

Os agricultores protestam contra as reformas do governo que liberalizam os mercados agrícolas e exigem sua revogação total.

Na semana passada, uma manifestação em Délhi terminou em violentos confrontos entre agricultores e policiais. Desde então, a polícia prendeu dezenas de agricultores e um jornalista da revista Caravan.

A ONG internacional Repórteres Sem Fronteiras, que defende a liberdade de imprensa, condenou a suspensão dos acessos no Twitter como um "caso chocante de censura flagrante".

bb-ja-grk/sst/lt/pz/pc/zm/tt

Twitter