PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

Petróleo desacelera diante da cautela da AIE

11/02/2021 19h40

Nova York, 11 Fev 2021 (AFP) - Os preços do petróleo estagnaram nesta quinta-feira (11) após uma escalada constante desde o início da semana passada, diante da perspectiva econômica moderada de um relatório da Agência Internacional de Energia (AIE).

O barril de Brent do Mar do Norte para entrega em abril caiu 33 centavos ou 0,53% a 61,14 dólares desde o fechamento na quarta-feira e após alcançar o nível mais alto desde 24 de janeiro de 2020.

O barril americano de WTI para entrega em março caiu 0,75% ou 44 centavos, a 58,24 dólares, após alcançar os 58,91 dólares na quarta-feira pela primeira vez desde 17 de janeiro de 2020.

O Brent teve na quarta-feira sua nona alta consecutiva, enquanto o WTI obteve a oitava. Os dois contratos de referência na Europa e nos Estados Unidos se valorizaram cerca de 20% desde o começo do ano.

Um relatório da AIE, divulgado nesta quinta-feira, considerou que o reequilíbrio do mercado petroleiro continua sendo "frágil" diante da propagação das novas variantes do coronavírus, mas se manteve otimista com relação a 2021.

"O reequilíbrio do mercado petroleiro continua sendo frágil no começo de 2021, enquanto as medidas para conter a propagação da covid-19, com suas variantes mais contagiosas, lastreiam fortemente a recuperação da demanda do petróleo mundial a curto prazo", indicou o relatório mensal.

Segundo Andy Lipow, da Lipow Oil Associates, "tivemos um forte aumento dos preços nos últimos meses, mas agora que estes preços se recuperaram com o Brent acima dos 60 dólares o barril, o sentimento dos investidores é que isto incentivará mais produção no mercado mercado", o que poderia fazer os preços caírem novamente.

bp-vmt/jum/mls/rsr/mvv

PUBLICIDADE