PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

As principais verificações da AFP nesta semana

19/02/2021 09h30

Rio de Janeiro, 19 Fev 2021 (AFP) - Veja a seguir a seleção das principais verificações da AFP nesta semana:

1 - MORTES AMAZONAS PAZUELLO

Publicações compartilhadas milhares de vezes em redes sociais desde o início de fevereiro asseguram que o número de mortes por covid-19 no Amazonas caiu em "99,99%" imediatamente após o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, visitar a capital do estado, Manaus. Isso é falso. Na verdade, a média de óbitos registrados por dia no Amazonas desde que Pazuello voltou da região, em 29 de janeiro, é superior à das primeiras semanas do ano, quando o estado começou a enfrentar uma dura segunda onda da pandemia de coronavírus.

http://u.afp.com/mortesAmazonas

2 - TREM MATO GROSSO E SANTOS

O vídeo de um comboio transportando contêineres sobrepostos foi compartilhado mais de 178 mil vezes nas redes sociais desde o último dia 2 de fevereiro com a afirmação de que se trata do "primeiro trem" saindo do estado do Mato Grosso para Santos, em São Paulo. Mas isso é enganoso: o trem que aparece nas imagens não é o primeiro a trafegar pela ferrovia, já que seu primeiro trecho foi inaugurado em 1999. A operação dos vagões que transportam dois contêineres empilhados começou em junho de 2019. A sequência viralizada é de novembro de 2020.

http://u.afp.com/TrajetoTrem

3 - MÁSCARAS E O CÂNCER DE PULMÃO

Postagens compartilhadas centenas de vezes no Facebook desde o começo de fevereiro asseguram que o uso de máscaras pode levar ao câncer, com base em uma citação atribuída ao falecido doutor Otto Heinrich Warburg de que células privadas de oxigênio se tornam "cancerosas". Não há registro, contudo, de que o vencedor do Nobel de Medicina tenha dito esta frase, e especialistas concordam que o uso de máscaras não traz riscos à saúde.

http://u.afp.com/CancerMascaras

4 - FACEBOOK E HIDROXICLOROQUINA

Publicações alegando que o Facebook admitiu um erro por ter censurado conteúdos sobre o uso de hidroxicloroquina para tratar a covid-19 foram compartilhadas mais de 42 mil vezes desde pelo menos o último dia 30 de janeiro. Essa afirmação, entretanto, é enganosa. Um comitê independente formado pela rede social, de fato, solicitou a restauração de uma publicação feita por um usuário na França, alegando que ela não incentivava as pessoas a comprar ou tomar medicamentos sem receita, o que foi aceito pelo Facebook. Mas a empresa garantiu que mantém suas políticas contra a desinformação sobre o novo coronavírus.

http://u.afp.com/ErroFacebook

5 - MULHER PRESA

Uma mulher encontra uma foto de seu marido com outra mais jovem e, acreditando que ele é infiel, o esfaqueia. Quando o homem consegue recuperar o controle, lhe explica que quem está nas imagens é ela mesma, quando era mais nova. Essa história - e algumas versões similares - viralizaram nas redes sociais e em sites de notícias desde o final de janeiro, sendo compartilhada em vários idiomas. Mas as autoridades de Sonora, o estado mexicano onde tudo teria ocorrido, descartaram a existência de um caso parecido. Além disso, a foto que ilustra as notícias é de uma prisão feita na Argentina em 2019.

http://u.afp.com/MulherPresa

6 - REMÉDIO COM SUCO DE CEBOLA

Publicações compartilhadas centenas de vezes em redes sociais desde agosto do ano passado garantem que beber suco de cebola impede o desenvolvimento de qualquer problema na próstata. As postagens, que voltaram a circular em fevereiro de 2021, contêm múltiplas informações incorretas. Segundo urologistas consultados pela AFP, três patologias podem afligir a próstata, indo desde uma inflamação até um câncer, e, até hoje, nenhum estudo estabeleceu uma relação entre consumir cebolas e o estado desta glândula.

http://u.afp.com/ProstataCebola

7 - CONJUNÇÃO JÚPITER E SATURNO

Um vídeo visualizado mais de 154,6 mil vezes nas redes sociais desde o último dia 21 de dezembro mostra várias pessoas em uma praia observando um fenômeno astronômico que, segundo indicam as publicações, se trata da conjunção entre os planetas Júpiter e Saturno. Mas isso é falso: a sequência mostra, na verdade, um eclipse total do Sol que foi visto em 2 de julho de 2019 no Chile.

http://u.afp.com/EclipseVideo

cb/

PUBLICIDADE