PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

Petróleo sobe até 5%, impulsionado por prudência da Opep+

Petróleo sobe até 5%, impulsionado por prudência da Opep+ - Lucy Nicholson
Petróleo sobe até 5%, impulsionado por prudência da Opep+ Imagem: Lucy Nicholson

04/03/2021 19h11

Os preços do petróleo dispararam nesta quinta-feira (4) após a decisão da Opep e seus aliados da Opep+ de aumentar sua produção apenas de forma marginal.

O barril de Brent do Mar do Norte para entrega em maio subiu 4,17% em Londres para 66,74 dólares, após alcançar 67,75 dólares durante o dia - uma alta superior a 5%.

Enquanto isso, o barril de WTI para entrega em abril subiu 4,16% em Nova York para 63,83 dólares, após alcançar 64,86 dólares, um máximo desde janeiro de 2020.

"A Opep+ pegou o mercado de surpresa ao decidir renovar suas cotas (de produção) e indicar que prefere esperar que a reativação ocorra ao invés de antecipá-la", destacou Ann-Louise Hittle, da Wood Mackenzie.

"O mercado esperava uma forte alta" da produção, acrescentou.

Os analistas esperavam diferenças entre a Arábia Saudita e a Rússia, os dois pesos-pesados da aliança. Mas a reunião terminou em menos de três horas e a decisão foi de uma alta marginal da produção em abril.

Apenas Rússia e Cazaquistão aumentaram sua produção em 150.000 barris diários em abril, o que significa um pequeno aumento do suprimento global da aliança.

A Arábia Saudita mantém seu corte voluntário de um milhão de barris diários.