PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

Petróleo fecha em queda antes da Opep+

31/03/2021 19h42

Nova York, 31 Mar 2021 (AFP) - Os preços do petróleo, que subiram momentaneamente devido a uma queda nas reservas de petróleo cru nos Estados Unidos, terminaram em baixa nesta quarta-feira (31), antes da cúpula da Opep e seus aliados para revisar os cortes de produção na quinta-feira.

O barril de Brent do Mar do Norte para entrega em maio fechou em baixa de 0,94%, a 63,54 dólares em Londres.

Enquanto isso, em Nova York, o barril de WTI para entrega no mesmo período fechou em queda de 2,30%, a 59,16 dólares.

O mercado reagiu em alta aos dados das reservas nos Estados Unidos, que diminuíram na semana passada em 900.000 barris, abaixo do esperado, após cinco semanas de aumento.

Segundo o relatório semanal da Agência americana de Informação sobre Energia (AIE), divulgado nesta quarta, as reservas de cru diminuíram em 900.000 barris para 501,8 milhões de barris (mb) em 26 de março.

Os analistas consultados pela Bloomberg esperavam uma queda de 1,5 mb. Apesar da diferença, trata-se de um reflexo do aumento da demanda.

Na quinta-feira, o mecanismo Opep+, que abrange o cartel e seus aliados, vai se reunir para revisar os cortes de produção dos principais produtores mundiais.

"Os investidores temem desacordos", explicou Phil Flynn, da Price Futures Group.

"Na minha opinião, as reduções estão incorporadas e o mercado reage exageradamente no momento", avaliou.

"Em vista da baixa de preços" das últimas semanas, "é provável que a Opep+ mantenha seu curso", estimou Neil Wilson, da Markets.com.

O cartel, formado pelos membros da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP) e seus dez aliados, se comprometeram com uma redução drástica de sua produção de petróleo bruto, deixando diariamente 7 milhões de barris debaixo da terra para não inundar um mercado incapaz de absorver toda a oferta devido ao impacto da pandemia.

bp-vmt/Dt/sr/dga/mvv

PUBLICIDADE