PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Volkswagen deve indenizar os clientes holandeses afetados pelo 'Dieselgate'

14/07/2021 16h49

Haia, 14 Jul 2021 (AFP) - Um tribunal holandês condenou nesta quarta-feira (14) a montadora Volkswagen a pagar até 450 milhões de euros (532,5 milhões de dólares) entre 150.000 proprietários de veículos afetados pelo escândalo 'Dieselgate' no país.

O tribunal com sede em Amsterdã indicou que a empresa terá de indenizar com 3.000 euros os consumidores que compraram um veículo novo e pagar 1.500 euros para aqueles que compraram o carro usado.

"Os compradores podem esperar que os veículos estejam conforme os regulamentos. Se não estão, o veículo vale menos", disse o tribunal, que resolvia uma denuncia de proprietários holandeses.

A indenização não será cobrada automaticamente, mas os proprietários interessados terão que iniciar um processo judicial por conta própria.

No outono de 2015, a Volkswagen reconheceu ter equipado 11 milhões de seus veículos a diesel com softwares capazes de dissimular as emissões poluentes. Desde então, o escândalo afetou outros fabricantes e gerou investigações em vários países.

O grupo alemão já pagou 32 bilhões de euros (37,86 bilhões de dólares) por ele. Na semana passada, a justiça italiana o condenou a pagar 200 milhões de euros (236 milhões de dólares) para mais de 63.000 proprietários.

A Volkswagen declarou à AFP que vai apelar das decisões na Itália e na Holanda.

jcp/els/dbh/mar/ap

VOLKSWAGEN