PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Autoridade da bolsa americana processa autores de fraude com criptomoedas

01/09/2021 23h14

Nova York, 2 Set 2021 (AFP) - A autoridade que fiscaliza a bolsa americana (SEC) está processando uma empresa de empréstimos online de criptomoedas e seus executivos, acusados de fraudar investidores no valor de 2 bilhões de dólares.

A plataforma BitConnect e seu fundador, Satish Kumbhani, propunham investir títulos em um programa de empréstimo que prometia grandes retornos.

A BitConnect supostamente usaria seu "programa de robôs" para fazer render os fundos que lhes eram confiados, diz um comunicado publicado nesta quarta-feira.

Mas, em vez de investir os recursos, os executivos da BitConnect os transformaram em criptomoedas e os desviavam para carteiras digitais em seus nomes e no do responsável por organizar a operação, Glenn Arcaro, alega a SEC.

Arcaro era encarregado de atrair clientes por meio de seu site, o Future Money.

A SEC acusa os executivos de ter "roubado bilhões de dólares de indivíduos em todo o mundo, explorando seu interesse em criptomoedas", afirmou Lara Shalov Mehraban, diretora regional da SEC em Nova York.

Os réus são acusados de violar as leis federais antifraude e as disposições do registro de valores mobiliários e estão sujeitos a restituir os fundos a eles confiados, além do pagamento de juros e penalidades civis.

A SEC já assinou dois acordos com cinco dos réus. Paralelamente, o Departamento de Justiça informou que Arcaro se declarou culpada por este caso.

vmt/jul/led/dl/am

PUBLICIDADE