PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

Wall Street fecha sem tendências definidas após ensaiar recuperação

21/09/2021 19h24

Nova York, 21 Set 2021 (AFP) - A bolsa de Nova York fechou sem tendência definida nesta terça-feira (21), após ensaiar uma recuperação depois da queda registrada na segunda.

Após patinar na segunda-feira, assim como os demais mercados mundiais devido ao temor de falência da gigante chinesa do setor imobiliário Evergrande, o índice Dow Jones fechou em queda de 0,15% a 33.919,84 pontos, o tecnológico Nasdaq teve alta modesta de 0,22% a 14.746,40 unidades e o S&P 500 recuou 0,08% a 4.354,19 unidades.

"Houve uma recuperação, mas foi frágil", destacou Peter Cardillo, da Spartan Capital Securities.

"Isso mostra que os investidores continuam concentrados nas principais preocupações que são evidentemente a Evergrande na China e o Comitê Monetário do Fed (banco central americano)", que começou nesta terça e terminará na quarta-feira, disse Cardillo à AFP.

Os mercados "não têm muito medo do Fed", que ainda não deveria anunciar sua decisão de reduzir suas compras mensais de ativos, acrescentou.

Mas, "buscam saber como a situação da Evergrande vai evoluir e se poderia ter repercussões sobre a economia mundial", acrescentou Cardillo.

A incorporadora imobiliária chinesa, com dívidas de 300 bilhões de dólares, poderá enfrentar problemas para honrar seus vencimentos, e o mercado teme uma bancarrota.

"Se fecharem e não forem salvos - o que duvido porque a China provavelmente o fará -, poderia ser doloroso, com calotes maciços que poderiam atingir a atividade econômica na China e pesariam sobre a economia mundial", explicou Cardillo.

O presidente da SEC - a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos -, Gary Gensler, assegurou que o sistema econômico dos Estados Unidos está melhor preparado para enfrentar as repercussões de uma quebra como a eventual falência da Evergrande do que em 2008, quando ocorreu a crise financeira imobiliária.

vmt/juj/mr/mvv

PUBLICIDADE