PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Catástrofes naturais custarão US$ 250 bi em 2021, diz Swiss Re

Os custos das catástrofes naturais em 2021 chegam a cerca de US$ 250 bilhões, conforme uma primeira estimativa da resseguradora Swiss Re - Kelly Sikkema/ Unsplash
Os custos das catástrofes naturais em 2021 chegam a cerca de US$ 250 bilhões, conforme uma primeira estimativa da resseguradora Swiss Re Imagem: Kelly Sikkema/ Unsplash

14/12/2021 08h21Atualizada em 14/12/2021 08h57

Os custos das catástrofes naturais em 2021 chegam a cerca de US$ 250 bilhões - conforme uma primeira estimativa publicada nesta terça-feira pela resseguradora Swiss Re, o que representa um acréscimo de 24% face a 2020.

A fatura dessas catástrofes para as seguradoras está estimada em US$ 105 bilhões, um aumento de 17% em relação ao ano anterior, relata a Swiss Re, em um comunicado.

Este é o quarto ano mais oneroso para as seguradoras desde 1970, devido às despesas geradas por desastres naturais, acrescenta a Swiss Re.

Em 2021, a catástrofe natural mais cara para as seguradoras foi a tempestade Ida, que provocou inundações em Nova York. Neste evento climático, o custo para as companhias de seguro variou de US$ 30 bilhões a US$ 32 bilhões.

As enchentes de julho registradas na Alemanha e na Bélgica, assim como nos países vizinhos, foram a catástrofe mais custosa na Europa, gerando US$ 40 bilhões em perdas econômicas e uma conta de US$ 13 bilhões para as seguradoras.

A essas catástrofes naturais, somam-se desastres e acidentes humanos, cujas perdas econômicas chegaram a US$ 9 bilhões (-38%). Nesta categoria, a fatura para as companhias de seguros foi de US$ 7 bilhões (-24%).

PUBLICIDADE