PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Ações da empresa de IA chinesa SenseTime estreiam com alta em Hong Kong

30/12/2021 06h03

Hong Kong, 30 dez 2021 (AFP) - As ações da empresa chinesa de Inteligência Artificial SenseTime iniciaram em alta em sua primeira sessão na Bolsa de Hong Kong, atingindo temporariamente +23%, apesar de estarem na lista negativa dos Estados Unidos.

A empresa havia adiado sua Oferta Pública Inicial (IPO, na sigla em inglês), depois que o Tesouro americano anunciou sanções contra ela por considerá-la parte do "complexo militar-industrial" supostamente usado pela China para reprimir a minoria uigur na província de Xinjiang.

Isso levou a empresa a adiar a IPO prevista para 17 de dezembro e a apresentar, em 20 de dezembro, uma nova demanda de cotação revista para baixo.

Por fim, a SenseTime arrecadou 5,78 bilhões de dólares de Hong Kong (US$$ 741 milhões) em sua IPO, vendendo 1,5 bilhão de ações a 3,85 dólares de Hong Kong (US$ 0,49) cada.

Em sua estreia no mercado financeiro, as ações subiram para 4,74 dólares de Hong Kong (+23%), posicionando-se depois em torno de 4,10 dólares de Hong Kong (+6,5%).

Washington afirma que o programa de reconhecimento facial da SenseTime, que pode determinar a etnia de uma pessoa, foi projetado, em parte, para ser usado contra uigures e contra outras minorias muçulmanas em Xinjiang. Ativistas e países ocidentais denunciam abusos de direitos humanos nesta região.

A empresa nega as acusações e diz ter sido "pega no meio da tensão geopolítica" entre Estados Unidos e China.

hol/leg/jah/dbh/mar/tt

PUBLICIDADE