PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

PIB da América Latina e Caribe subirá 2,1% em 2022 (Cepal)

12/01/2022 14h54

México, 12 Jan 2022 (AFP) - A região da América Latina e Caribe terá um crescimento do PIB de 2,1% em 2022, bem abaixo dos 6,2% do ano passado, estimou nesta quarta-feira (12) a Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal).

"Vemos algo muito preocupante. Saímos de uma taxa de crescimento de 6,2% e caminhamos para 2,1%. Haverá uma desaceleração muito importante do crescimento em toda a região", disse a secretária-executiva da Cepal, Alicia Bárcena, em conferência virtual da Cidade do México para apresentar as previsões do organismo para 2022.

Por país, a Cepal estima que o Brasil, a maior economia da região, crescerá 0,5%, enquanto o México terá uma expansão de 2,9%. A Argentina, por sua vez, crescerá a uma taxa de 2,2% este ano.

O investimento e a produtividade são "problemas estruturais que continuam a condicionar esta possibilidade de sustentar uma recuperação para além do que vimos em 2021", explicou Bárcena.

Na América Latina e no Caribe, o investimento em relação ao PIB "é de 19,5%, o que é um dos investimentos mais baixos das últimas três décadas e certamente o mais baixo do mundo inteiro", enfatizou.

A média mundial nessa área é de 26,8%, destacou.

O motor do crescimento em 2021 "foi, sem dúvida, o consumo, ao qual se somam as exportações e a formação bruta de capital fixo", acrescentou.

Disse ainda que "o maior número de remessas sustentou o consumo privado" na região.

jg/jla/mr

PUBLICIDADE