PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Brent atinge máxima desde 2014

26/01/2022 19h38

Nova York, 26 Jan 2022 (AFP) - O preço do Brent atingiu nesta quarta-feira uma nova máxima em mais de sete anos, graças à crise persistente na fronteira da Ucrânia e a indicadores preocupantes no relatório sobre as reservas dos Estados Unidos.

O barril do Brent para entrega em março subiu 1,99%, a 89,96 dólares. Mais cedo, superou os 90 dólares pela primeira vez desde outubro de 2014, atingindo 90,47 dólares.

O barril do WTI para março subiu 2,04%, a 87,35 dólares, após atingir 87,95 dólares durante o dia. "O mercado absorve o risco de novos episódios geopolíticos na fronteira russo-ucraniana", explicou Bart Melek, estrategista de commodities da TD Securities.

O relatório sobre as reservas americanas tampouco tranquilizou o mercado. "O outro fator que fez os operadores reagir é que a produção está em baixa", destacou Bill O'Grady, da Confluence Investment Management. "Estamos em um mundo estranho, onde os preços sobem, mas não fazem a produção aumentar. Portanto, a única maneira de equilibrar os mercados é reduzindo o consumo."

tu/jum/er/mr/lda/lb