PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

América Latina somou cinco milhões de pessoas na pobreza extrema em 2021

O total de indivíduos nessa situação subir de 81 milhões para 86 milhões  - Getty Images
O total de indivíduos nessa situação subir de 81 milhões para 86 milhões Imagem: Getty Images

Da AFP

27/01/2022 13h30Atualizada em 27/01/2022 13h30

Cinco milhões de pessoas entraram na pobreza extrema em 2021 nos países da América Latina, o que fez o total de indivíduos nessa situação subir de 81 milhões para 86 milhões na região "mais vulnerável do mundo nesta pandemia", informou a Comissão Econômica para a América Latina (Cepal) nesta quinta-feira (27).

A "pobreza extrema na região aumentou para 86 milhões em 2021 como consequência do aprofundamento da crise social e sanitária derivada da pandemia", disse a Cepal sobre a pobreza, cuja taxa geral caiu levemente de 33% para 32,1% em 2021, totalizando 201 milhões de pobres.