PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Trump é 'culpado' de fraude, segundo promotor que renunciou à investigação, diz NYT

23/03/2022 23h53

Nova York, 24 Mar 2022 (AFP) - Donald Trump é "culpado" de "vários" crimes, incluindo fraude financeira, disse um promotor que desistiu de uma investigação contra o ex-presidente há um mês, de acordo com trechos de sua carta de renúncia publicada nesta quarta-feira (23) pelo The New York Times.

Mark Pomerantz renunciou em 23 de fevereiro junto com outro promotor, Carey Dunne, ambos encarregados de uma investigação criminal contra o ex-presidente dos Estados Unidos.

Trechos da carta publicada nesta quarta-feira pelo jornal nova-iorquino confirmam que os promotores deixaram suas funções em protesto contra a decisão do novo procurador distrital de Manhattan, Alvin Bragg, de não indiciar o bilionário republicano.

Foi uma decisão "contra o interesse público", escreveu Pomerantz em sua carta de renúncia, segundo o The New York Times.

"A equipe que investigou Trump não tem dúvidas se ele cometeu ou não crimes: ele cometeu", acrescentou.

Este caso criminal está relacionado, em particular, a suspeitas de avaliações fraudulentas de ativos dentro da Trump Organization - que inclui clubes de golfe, hotéis de luxo e outros imóveis - para obter empréstimos mais vantajosos de bancos ou reduzir seus impostos.

Os dois promotores planejavam acusar Donald Trump de falsificar documentos financeiros, segundo o jornal.

A investigação criminal já levou ao indiciamento em julho da Trump Organization, bem como de seu histórico diretor financeiro e amigo do ex-presidente Allen Weisselberg, especialmente por sonegação de impostos.

Donald Trump e o grupo de Weisselberg se declararam inocentes e um julgamento está previsto para 2022.

ube/elm/ag/am