PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Dúvidas sobre a Ucrânia fazem disparar preços do petróleo

30/03/2022 19h31

Nova York, 30 Mar 2022 (AFP) - Os preços do petróleo voltaram a disparar nesta quarta-feira (30) em um mercado que duvida de uma resolução iminente na Ucrânia e está inquieto com a oferta mundial insuficiente.

O barril de Brent para maio subiu 2,92% e fechou a 113,45 dólares em Londres, enquanto no mercado nova-iorquino o WTI, também em contratos para maio, aumentou 3,43% para 107,82 dólares.

"O petróleo saiu de sua fragilidade quando pareceram prematuras as notícias de avanços significativos nas conversas sobre um cessar-fogo", explicou Bart Melek, da TD Securities.

"Novamente o mercado é presa da realidade", afirmou Robert Yawger, da companhia Mizuho Securities. "Não haverá um plano de paz russo de uma hora para outra, de forma que as sanções não serão suspensas rapidamente", acrescentou.

Os operadores têm mais do que nunca na cabeça que o petróleo russo não é atraente apesar da ausência de sanções que o afetem diretamente.

Segundo Yawger, as exportações russas diminuíram em quase 1,5 milhão de barris por dia e os produtos destilados caíram em um ritmo de um milhão de barris por dia.

O escritório Rystad Energy avalia que as refinarias operam atualmente em 13% de sua capacidade disponível. Isso é consequência de fatores como a decisão de vários governos, empresários, funcionários dos transportes ou seguradoras de reduzir e até suspender suas relações comerciais com os produtores russos.

tu/vmt/eb/gm/mvv