PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

México tomará medidas legais contra empresa dos EUA por danos ambientais, diz López Obrador

02/05/2022 17h16

México, 2 Mai 2022 (AFP) - O México irá tomar medidas legais contra uma filial da empresa americana Vulcan Materials, que opera na turística Riviera Maya e é acusada de danos contra o meio ambiente, anunciou nesta quinta-feira (2) o presidente Andrés Manuel López Obrador.

"Vamos proceder legalmente porque há violação das leis e é uma grande destruição do meio ambiente", declarou o mandatário esquerdista durante sua coletiva matinal habitual.

López Obrador não especificou quais leis a empresa que produz agregados de construção estaria violando ou as ações legais que seu governo tomaria. No entanto, explicou que a empresa informou que "já não extraía material" naquela região do estado de Quintana Roo (leste), que abriga os principais destinos de praia do Caribe mexicano, um pilar da indústria turística nacional.

"Sobrevoei (a área) na sexta-feira e me dei conta que estão trabalhando com tudo, extraindo material e como estão carregando um navio (...). É uma ousadia zombar das autoridades do nosso país", criticou.

A empresa SAC-TUN, subsidiária da Vulcan e anteriormente conhecida como Calica, tem uma grande operação perto de Playa del Carmen desde 1986, onde obtém a matéria-prima para produzir agregados para concreto e asfalto, bases, rochas e pedra em pó, segundo dados da própria empresa.

Um porta-voz do SAC-TUN disse à AFP que, "por enquanto, a empresa não vai se pronunciar" sobre as declarações do presidente.

López Obrador também lembrou que a empresa recebeu suas licenças de operação durante o governo do ex-presidente Ernesto Zedillo (1994-2000), mas que atualmente "não está legal".

jla/axm/gm/am

VULCAN MATERIALS