PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Congresso do Peru aprova novo saque antecipado de fundos de pensão

05/05/2022 00h06

Lima, 5 Mai 2022 (AFP) - O Congresso peruano aprovou por ampla maioria nesta quarta-feira um novo saque extraordinário de fundos de pensão privados, para enfrentar a pandemia e os aumentos de preços devido à invasão russa à Ucrânia.

A norma aprovada irá permitir que 8 milhões de contribuintes das Administradoras de Fundos de Pensão (AFP) privadas saquem até 18.400 soles (US$ 4.980) de suas contas.

"Esta medida busca aliviar a economia familiar de milhares de filiados devido à pandemia, fazendo com que o consumo aumente", manifestou a presidente da Comissão de Economia do Congresso, a opositora Silvia Monteza.

O projeto, que deve ser promulgado pelo Executivo para se tornar lei, havia sido aprovado pela Comissão de Economia em 12 de abril. Esse é o sexto saque dos fundos de pensão desde o começo da pandemia. O total sacado soma 65.923 milhões de soles (US$ 17,8 bilhões).

O Peru viveu dias violentos de protestos em abril em rejeição aos aumentos nos preços de alimentos e combustíveis, impulsionados pela guerra na Ucrânia. A inflação no país é a maior em mais de duas décadas.

Com 33 milhões de habitantes, o Peru acumula mais de 3,5 milhões de casos de Covid-19 e mais de 212 mil mortos.

cm/fj/cjc/lb