PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Petróleo fecha em queda por temores envolvendo demanda

Campo de produção de petróleo - Sergei Karpukhin/Reuters
Campo de produção de petróleo Imagem: Sergei Karpukhin/Reuters

afp

10/05/2022 20h02Atualizada em 10/05/2022 20h21

Nova York, 10 Maio 2022 (AFP) - Os preços do petróleo caíram pelo segundo dia consecutivo nesta terça-feira, com o WTI abaixo de US$ 100 o barril em Nova York, em meio a preocupações com a demanda.

O barril do WTI para entrega em junho caiu 3,23%, abaixo de US$ 100 pela primeira vez em duas semanas, para US$ 99,76. O Brent para entrega em julho caiu 3,28%, para US$ 102,46.

"As preocupações com os confinamentos na China e uma desaceleração da demanda seguem presentes", ressaltou Phil Flynn, do Price Futures Group. "Por um lado, o mercado leva isso em conta. Por outro, também observa a fragilidade do mercado de ações. Isso desperta o temor de uma potencial recessão", acrescentou.

Os preços do petróleo bruto caem se houver temor de uma demanda menor de energia no mundo por causa de uma queda da atividade econômica. "A política radical de Covid zero da China gera preocupações com as perspectivas de demanda da segunda maior economia do mundo", explicou Victoria Scholar, da Interactive Investor.

Os corretores também contemplam o aumento do preço da gasolina nos Estados Unidos. "Os americanos nunca viram os preços da gasolina tão altos, e nunca vimos um aumento tão rápido", destacou Patrick DeHaan, do site especializado GasBuddy. "Esses preços recorde poderiam diminuir a demanda de gasolina", estimou Phil Flynn.