PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Voos suspensos no aeroporto de Damasco após ataque de Israel

10/06/2022 08h51

Damasco, 10 Jun 2022 (AFP) - As autoridades sírias anunciaram nesta sexta-feira (10) a suspensão dos voos no aeroporto de Damasco, depois de ataques aéreos israelenses que danificaram uma pista de pouso.

O ministério sírio dos Transportes destacou que a "suspensão dos voos com pouso e decolagem do aeroporto internacional de Damasco" foi motivada por problemas técnicos, mas um funcionário do local declarou à AFP que os ataques israelenses "afetaram" as instalações.

"Tivemos que adiar todos os voos durante pelo menos 48 horas e alguns foram desviados para o aeroporto de Aleppo", declarou a fonte, que pediu anonimato.

Um funcionário de uma companhia aérea árabe, que também falou sob anonimato, disse que uma pista de pouso do aeroporto foi atingida durante o ataque israelense.

Um meio de comunicação estatal sírio informou sobre os ataques israelenses no sul de Damasco e afirmou que os mísseis foram lançados a partir da zona ocupada das Colinas de Golã ao redor das 4H20 locais.

A defesa aérea síria interceptou a maioria dos mísseis, mas os que atingiram os alvos deixaram pelo menos um civil ferido e provocaram danos materiais, segundo a agência oficial de notícias SANA.

O Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH) afirmou que os ataques israelenses atingiram depósitos de armas nas proximidades do aeroporto de Damasco, que pertencem, entre outros grupos apoiados pelo Irã, ao movimento xiita libanês Hezbollah.

A ONG com sede no Reino Unido, que tem uma grande rede de fontes em toda Síria, afirmou que pelo menso três posições foram atacadas e várias pessoas ficaram feridas.

Desde o início da guerra civil na Síria em 2011, Israel executou centenas de ataques aéreos contra o país vizinho, direcionados contra as tropas do governo, assim como contra as forças respaldadas pelo Irã e os combatentes do Hezbollah.

Embora Israel poucas vezes comente sobre ataques de maneira pontual, o país reconheceu ter executado centenas deles.

O exército israelense afirma que os ataques são necessários para impedir que o Irã, seu grande rival, avance no território sírio.

O conflito na Síria começou com a repressão brutal de manifestações pacíficas e se tornou mais intenso a ponto de atrair potências estrangeiras e grupos extremistas internacionais.

A guerra já matou quase meio milhão de pessoas e forçou quase metade da população do país a abandonar suas casas.

bur/lar/ho/dv/mar/fp