PUBLICIDADE
IPCA
-0,68 Jul.2022
Topo

Uber registra perdas, mas receita supera expectativas

02/08/2022 09h32

Nesta terça-feira (2) a Uber revelou uma forte queda no segundo trimestre do ano. Apesar disso, a empresa gerou mais receita do que o esperado, principalmente pela demanda dos serviços de transporte da empresa e 'delivery' de comida.

A empresa californiana obteve 8,1 bilhões de dólares entre abril e junho, o que representa um aumento de 105% em relação ao mesmo período no ano anterior.

Embora ainda tenha registrado um prejuízo líquido de 2,6 bilhões de dólares, os investidores reagiram positivamente. As ações dispararam mais de 12% subindo para 27,58 dólares nas negociações pré-abertura em Wall Street.

Nas operações de delivery, a Uber acumulou uma receita de 1,8 bilhão de dólares.

A companhia viu o número de clientes mensais ativos, reservas brutas e corridas aumentarem em comparação com o ano anterior. Isso é um reflexo de uma crescente demanda, assim como o aumento no número de motoristas para seus serviços de entrega e viagem.

O CEO da Uber, Dara Khosrowshahi, disse que tanto os clientes como a receita estão no "máximo de todos os tempos". 

"No trimestre passado, desafiei nossa equipe a cumprir nossos compromissos com a taxa de rendimento ainda mais rápido do que o previsto, e eles cumpriram", disse Khosrowshahi em comunicado.

A Uber atribui sua perda principalmente à queda do valor de seus investimentos em empresas com problemas financeiros, como a VTC Grab de Singapura, a start-up norte-americana de carros autônomos Aurora e o serviço indiano de entrega de comida Zomato.

dho/sst/lcm/dga/gm/ms

© Agence France-Presse