Petróleo em baixa após queda de preços na China

Os preços do petróleo caíram nesta segunda-feira (10), afetados pelo temor à situação econômica da China, que poderia impactar a demanda do maior importador mundial de petróleo bruto.

O barril de Brent para entrega em setembro caiu 0,99%, para US$ 77,69 em Londres. Seu equivalente americano, o barril de West Texas Intermediate (WTI) para entrega em agosto, diminuiu 1,17%, para US$ 72,79 no mercado de Nova York.

"Os preços do petróleo recuaram após a incrível recuperação da semana passada", afirmou o analista Phil Flynn, da Price Future Group.

"Os dados da China parecem sugerir que essa economia está entrando em um ambiente deflacionário, o que é preocupante para a economia global", acrescentou.

Os preços ao consumidor na China ficaram estagnados em junho, com variação interanual de 0%, enquanto os preços ao produtor continuaram em queda (-5,4%), segundo dados oficiais divulgados nesta segunda.

Esses indicadores alimentam receios de deflação - queda nos preços ao consumidor - na segunda maior economia do mundo.

"Os sinais de deflação deveriam ser positivos, mas a preocupação é que a demanda, tanto global quanto interna, não seja tão forte quanto o esperado", explicou Susannah Streeter, analista da Hargreaves Lansdown.

emb-vmt/pta/gm/atm/ic/dd

© Agence France-Presse

Deixe seu comentário

Só para assinantes