Grupo imobiliário chinês Country Garden paga juros e evita default

A empresa imobiliária chinesa Country Garden fez um pagamento milionário para cobrir os juros de dois empréstimos, evitando cair em 'default' pela primeira vez, informou a imprensa especializada nesta terça-feira (5).

O grupo havia antecipado em agosto que não conseguiria efetuar pagamentos de US$ 22,5 milhões (R$ 111,1 milhões na cotação atual) e recebeu um período de carência de 30 dias. O período deveria terminar entre terça e quarta-feira, mas a empresa conseguiu pagar os juros, informou a Bloomberg News. 

A Country Garden disse à AFP que não comentaria o pagamento, que também foi noticiado pela imprensa chinesa. 

A empresa, uma das maiores do setor imobiliário da China, acumulou dívidas estimadas em 1,43 trilhão de iuanes (US$ 196 bilhões de dólares, ou R$ 968,2 bilhões na cotação atual) até ao final de 2022. Na semana passada, reportou perdas de 48,9 bilhões de iuanes no primeiro semestre do ano. 

A imprensa local informou que a empresa recebeu o aval de seus credores para estender o prazo de pagamento de um título avaliado em 3,9 bilhões de iuanes (quase US$ 540 milhões ou R$ 2,6 bilhões na cotação atual) para ter tempo de se recuperar financeiramente. 

A empresa ainda tem de pagar outros empréstimos, cujos juros vencem nas próximas semanas. 

As dificuldades financeiras da Country Garden provocaram o temor de que a empresa poderia entrar em colapso. Isso teria graves consequências para a economia chinesa, que enfrenta um nível histórico de desemprego entre os jovens, queda no consumo e crise em seu setor imobiliário.

sbr-oho/je/dan/mas/es/tt/fp

© Agence France-Presse

Deixe seu comentário

Só para assinantes