Wall Street fecha em alta graças a compras a bom preço

A bolsa de Nova York fechou em alta nesta segunda-feira (25), ajudada pelas compras de ações a preços baixos após as quedas da semana passada.

O Dow Jones subiu 0,13%, o índice tecnológico Nasdaq, 0,45%, e o S&P 500, 0,40%.

O dia começou em terreno negativo devido a um novo aumento dos juros dos títulos do Tesouro. O rendimento dos papéis com vencimento em 10 anos chegou a 4,54% pela primeira vez em 16 anos, em comparação com os 4,43% do fechamento de sexta-feira.

Para Peter Cardillo, da Spartan Capital, a tendência do mercado mudou quando o S&P 500 chegou a um nível técnico de 4.325 pontos, desencadeando uma onda de compras. Isso fez com que o mercado "ignorasse as taxas obrigatórias e a valorização do dólar", resumiu.

Entre os ganhadores dessa reversão de tendência figuram a fabricante de microchips AMD (+1,23%) e a Qualcomm (+2,55%), muito afetados na semana passada.

A Amazon também recuperou terreno (+1,67%) após revelar um investimento maior na start-up de inteligência artificial generativa Anthropic.

Já Netflix (+1,31%) e Paramount Global (+0,16%) subiram graças ao princípio de acordo entre o sindicato de roteiristas de Hollywood e os estúdios, que poderia pôr fim a uma greve de quase cinco meses.

Por outro lado, a HP caiu 1,76% após a venda por parte da Berkshire Hathaway, a holding de Warren Buffett, de 4,8 milhões de ações da fabricante de computadores na semana passada, segundo um documento publicado na sexta-feira pela comissão de valores mobiliários dos EUA, a SEC.

tu/clc/mr/cjc/rpr/mvv

Continua após a publicidade

© Agence France-Presse

Deixe seu comentário

Só para assinantes