PUBLICIDADE
IPCA
-0,68 Jul.2022
Topo

Otimismo com Brasil independe de eleição, diz CEO da Pirelli

Cesar Alarcon, CEO e vice-presidente da Pirelli na América Latina - Divulgação
Cesar Alarcon, CEO e vice-presidente da Pirelli na América Latina Imagem: Divulgação

01/07/2022 17h43

O CEO e vice-presidente executivo da Pirelli para a América do Sul, Cesar Alarcon, afirmou que seu otimismo em relação ao Brasil independe de quem vai vencer as eleições presidenciais de 2022.

"A Pirelli está no Brasil há 93 anos, a gente já trabalhou com diversas ideologias políticas e a gente ainda vai estar aqui em 2023, independentemente de quem estiver no governo", afirmou o executivo à ANSA, durante a inauguração de uma mostra no MIS Experience, em São Paulo, sobre os 150 anos da marca italiana.

"Eu enxergo o Brasil com muito otimismo. Sou sul-americano, tive a oportunidade de viajar o mundo, e cada vez que eu venho para o Brasil - e eu venho todas as semanas -, fico sempre muito otimista com o potencial não somente do país, mas também sobre como o Brasil gera uma influência nos outros países sul-americanos", acrescentou.

Segundo Alarcon, esse otimismo sobre a economia brasileira está "confirmado para 2023", apesar das turbulências geradas pelo processo eleitoral - horas antes da entrevista, o Senado aprovou a chamada "PEC Kamikaze", proposta de emenda à Constituição que prevê R$ 41 bilhões em gastos extras com benefícios sociais em 2022.

No entanto, o CEO da Pirelli para a América do Sul apontou que o Brasil tem "desafios" pela frente e precisa de reformas, como a tributária e a administrativa, para "trazer uma aceleração concreta das oportunidades de investimento que já acontecem no exterior".