Bolsas

Câmbio

Hackers 'invadem contas de redes sociais de fundador do Facebook'

Chris Johnston - Business reporter

Ele pode até mandar na maior rede social do mundo, mas nem Mark Zuckerberg parece estar imune à ação dos hackers.

As contas do fundador do Facebook em sites como Instagram, Twitter, LinkedIn e Pinterest parecem ter sido brevemente invadidas no domingo.

Um grupo de hackers chamado Ourmine, que possui mais de 40 mil seguidores do Twitter, alardeou o ataque e depois convidou o CEO do Facebook a entrar em contato com eles.

"Ei, @finkd, acessamos seu Twitter & Instagram & Pinterest, estamos apenas testando sua segurança, por favor mande-nos uma mensagem", tuitou o grupo.

O site Engadget postou uma foto do suposto ataque.

Os tuítes foram posteriormente deletados. Mark Zuckerberg não tuita com esta conta desde 2012.

O usuário Ben Hall tuitou uma foto da conta de Zuckerberg sendo hackeada no Pinterest.

Reportagens sugeriram que o incidente está relacionado com o hackeamento de dados do site LinkedIn em 2012.

No mês passado, divulgou-se que 117 milhões de combinações de nomes de usuário e senha roubados do LinkedIn em 2012 foram vendidos nos mercados anônimos da dark web por 5 bitcoins - o equivalente a mais de R$ 10.000.

As senhas estavam codificadas, mas de uma forma aparentemente fácil de decifrar.

Não foi possível verificar se a conta de Zuckerberg no Instagram - que faz parte do Facebook - foi hackeada.

A conta, na qual o CEO do Facebook postou penas 30 imagens, tem mais de 600 mil seguidores.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos