Bolsas

Câmbio

Esperança de Wall Street com peso mexicano não ressoa no Japão

Ben Bain

(Bloomberg) - Os japoneses que investem em bonds não querem nem saber do peso mexicano.

Neste ano não houve nenhuma venda em pesos dos Uridashi, bonds denominados em moedas estrangeiras, de acordo com dados compilados pela Bloomberg. No entanto, os investidores japoneses se acumularam em 15 ofertas do tipo em reais do Brasil, uma moeda que se estabilizou depois de ter caído 33 por cento no ano passado. Ainda em 2013, houve um recorde de 151 vendas de Uridashi denominados em pesos, a maior quantidade entre as moedas de mercados emergentes, em um momento em que os investidores buscavam retornos mais altos diante das taxas de juros do Japão, que estavam perto de zero.

O México está perdendo o apoio dos investidores varejistas do Japão porque a moeda desse país latino-americano sofreu a segunda maior queda entre seus pares mais negociados neste ano. O declínio de 11 por cento frente ao iene foi quase duas vezes maior que o do real. Mesmo depois de o México ter aumentado inesperadamente os juros, para 3,75 por cento, no dia 17 de fevereiro para fortalecer o peso, a taxa de referência do país continua sendo menos de um terço dos 14,25 por cento do Brasil.

Embora os investidores japoneses desprezem o peso, os analistas de Wall Street parecem muito mais otimistas. A moeda avançará 5,6 por cento frente ao dólar até o final deste ano, segundo maior ganho entre as moedas de importância, de acordo com analistas consultados pela Bloomberg.

"Os estrategistas do mercado estão inclinados a analisar o peso em termos de potencial de crescimento", disse Juan Carlos Alderete, estrategista do Grupo Financiero Banorte na Cidade do México, em mensagem enviada por e-mail. "Para os investidores japoneses que estão buscando yield alto, o fato é que o México não oferece tanta vantagem assim".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos