PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Amazon lança duas novas versões do Echo

Spencer Soper

03/03/2016 13h39

(Bloomberg) -- A Amazon.com está dobrando a aposta no Echo, um dispositivo controlado por voz que pode realizar streaming de música, controlar a iluminação e encomendar mercadorias, para ir ainda mais fundo na vida digital dos consumidores.

Foram lançadas duas novas versões nesta quinta-feira. O Echo Dot, que custa US$ 90 e parece um disco de hóquei, permite que os clientes liguem seus próprios alto-falantes para acessar os serviços on-line da Amazon. O Amazon Tap, que sai por US$ 130, é uma versão portátil e com bateria do Echo, lançado em 2014 como um assistente doméstico inteligente capaz de responder a comandos como "encomende papel higiênico novamente", "toque Kanye" e "acenda as luzes" (em inglês).

"Nós acreditamos que a próxima grande plataforma é a voz", disse David Limp, vice-presidente sênior de dispositivos da Amazon. Ele vê essas funções como a mais nova forma de interação entre pessoas e máquinas, complementando o mouse em um computador e as telas sensíveis ao toque nos smartphones. A empresa abriu a tecnologia a desenvolvedores terceirizados, acelerando o lançamento de novos recursos, como o controle de termostatos e a reserva de um carro da Uber Technologies.

Por enquanto, está funcionando -- a versão atual do Echo é o terceiro produto eletrônico mais vendido da Amazon, atrás de dois aparelhos da própria empresa, o tablet Fire e o Fire TV. Nos últimos anos, a empresa com sede em Seattle vem tentando repetir o sucesso dos leitores de livros digitais Kindle (e procurando um produto de sucesso para manter as pessoas mais próximas dos serviços e da loja on-line da Amazon), deixando algumas vítimas ao longo do caminho -- mais notadamente, o Fire Phone e uma coleção de tablets de alto padrão que nunca pegaram.

O Echo original e outros dois produtos novos que utilizam o Alexa -- o cérebro on-line da Amazon -- são a resposta da empresa à crescente popularidade de assistentes inteligentes operados por voz, como o Siri, da Apple, e o Google Now. Todas essas gigantes da tecnologia estão tentando manter as pessoas dentro de seu próprio universo de serviços e produtos digitais em um momento em que o reconhecimento de voz e a computação com inteligência artificial continuam evoluindo.

O Echo Dot da Amazon se conecta a alto-falantes e utiliza o Wi-Fi para acessar informações na internet. Com microfones sensíveis desenvolvidos para detectar comandos de voz a até 25 pés (7,6 metros) de distância e um nível de preço mais baixo, ele foi criado para ser usado em mais áreas da casa.

O Amazon Tap, que tem aproximadamente o tamanho de uma lata de refrigerante, funciona cerca de nove horas por recarga e foi pensado para ser levado para fora de casa. Ao contrário do Echo, que é ativado por voz, os usuários precisam apertar um botão antes de emitir comandos de voz. O aparelho vem com uma base de carregamento.

A Amazon tem mantido um ritmo estável de aprimoramentos do Echo, como a adição da capacidade de pedir pizza do Domino's e receber notícias da National Public Radio e da BBC. O aparelho conta até piada. Os novos aparelhos estão disponíveis para encomenda e as entregas começarão no final deste mês.