PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Expansão do Canal do Panamá deve terminar em julho após atraso

Naureen S. Malik

23/03/2016 12h06

(Bloomberg) -- A expansão do Canal do Panamá, um projeto de US$ 5,3 bilhões que está quase dois anos atrasado e é assolado por excessos de custos e disputas com empreiteiras, deverá ser aberto no final de junho, segundo a agência que opera a via navegável.

A Autoridade do Canal do Panamá resolveu problemas associados a empreiteiras e vazamentos das novas comportas, descobertas durante os testes, disse José Ramón Arango, especialista sênior em comércio internacional da agência que opera a via navegável de 77 quil�metros que conecta os oceanos Atlântico e Pacífico. O órgão planeja testar as novas comportas com um navio-tanque em maio, disse ele em uma conferência do setor de navegação, em Stamford, Connecticut, EUA, organizada pela Associação Marítima de Connecticut.

A expansão poderá mudar as rotas comerciais internacionais, permitindo que os navios cheguem à Ásia saindo da Costa do Golfo dos EUA mais de duas semanas mais rapidamente do que se navegassem para o leste por meio do Canal de Suez. A expansão abrirá espaço para navios com capacidade de transportar 12.600 contêineres, quase três vezes o permitido pelas comportas atuais, e permitirá a operação de navios-tanque carregados de gás natural liquefeito.

Final de junho

“Tivemos alguns problemas com as empreiteiras e também alguns problemas de vazamentos e tudo foi resolvido”, disse Arango, na conferência, na terça-feira. “Esperamos abrir o canal até o final de junho ou começo de julho”.

A quantidade de carga que passa pelo canal poderá aumentar para 360 milhões de toneladas em 2017 após a conclusão do projeto, depois de já ter atingido um recorde de 340,8 milhões de toneladas no ano fiscal que terminou em 30 de setembro, disse a autoridade em outubro. A expansão gerou uma série de atualizações portuárias e de infraestrutura em todo o Caribe e na Costa Leste dos EUA para que seja possível receber navios maiores.

O projeto estava 97 por cento concluído na terça-feira, sendo que os testes e a construção de estruturas menores respondem pelos 3 por cento restantes, disse Arango.

Título em inglês: Panama Canal Expansion Seen Open by July After Years of Setbacks

--Com a colaboração de Michael McDonald Para entrar em contato com o repórter: Naureen S. Malik em Nova York, nmalik28@bloomberg.net, Para entrar em contato com os editores responsáveis: Telma Marotto tmarotto1@bloomberg.net, Patricia Xavier

©2016 Bloomberg L.P.