PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Cinco assuntos que vão dar o que falar hoje

Lorcan Roche Kelly

30/03/2016 09h30

(Bloomberg) -- Yellen enfatiza que os aumentos de taxas serão graduais, os mercados acionários têm um rali e as moedas de mercados emergentes não tinham um mês tão bom como esse há uma geração. Estes são alguns dos assuntos que vão dar o que falar nos mercados hoje.

Gradual, a palavra do dia

A presidente do Federal Reserve, Janet Yellen, disse muito do que os mercados queriam ouvir ontem em seu discurso no Economic Club of New York. Ela enfatizou que os aumentos de taxas de juros do Fed seriam graduais e explicou nos mínimos detalhes o que ela quer dizer quando fala em dependência dos dados. As probabilidades implícitas do mercado de um aumento das taxas na reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (FOMC, na sigla em inglês) em abril caíram para zero após o discurso.

Enfraquecimento do dólar, rali dos mercados

O dólar afundou quando Yellen começou a falar ontem e agora está prestes a fechar o pior mês desde 2010. Mercados acionários do mundo inteiro tiveram ralis. O índice MSCI Asia Pacific subiu 0,9 por cento ontem à noite e na Europa, o Stoxx 600 Index avançava 1,2 por cento às 10h45, horário de Londres, apesar de a confiança do consumidor na zona do euro ter caído para o valor mais baixo em treze meses. Os futuros do S&P 500 subiam 0,6 por cento após fecharem o pregão de ontem no valor mais alto de 2016.

Japão fica de fora

As ações japonesas estão perdendo o rali. O índice Topix caiu 1,6 por cento e as montadoras de veículos estavam entre os maiores perdedores porque o iene subiu para 112,20 em relação ao dólar e dados sobre produção industrial mostraram a maior queda desde março de 2011. A queda ocorre apesar de a emissora pública do Japão dizer que o primeiro-ministro Abe está planejando implementar mais estímulo antes da eleição. Em um sinal de poucas negociações no mercado de bonds soberanos do Japão, não houve operações com o título com vencimento em 30 anos no pregão de ontem à noite.

Festa das moedas de mercados emergentes

Há pelo menos dezoito anos que as moedas de mercados emergentes não tinham um mês tão bom quanto este mês de março. O ringgit da Malásia está prestes a registrar o maior ganho mensal desde a crise financeira da Ásia, já que o recente rali do petróleo bruto melhora as perspectivas para o país exportador de energia. O rand sul-africano se fortaleceu para além de 15 por dólar pela primeira vez neste ano e o rublo russo subiu 11 por cento frente ao dólar neste mês.

Brasil

A presidente Dilma Rousseff recebeu um duro golpe quando o PMDB abandonou a base governista a apenas semanas da data marcada para o começo do procedimento de impeachment contra ela. A medida enfraquece ainda mais o governo e aumenta as chances de derrota de Dilma na votação do impeachment. O Ibovespa estendeu o maior avanço mensal desde 1999 após a notícia.

Título em inglês: Five Things You Need to Know to Start Your Day

Para entrar em contato com o repórter: Lorcan Roche Kelly Dublin, lrochekelly@bloomberg.net, Para entrar em contato com os editores responsáveis: Telma Marotto tmarotto1@bloomberg.net, Patricia Xavier

©2016 Bloomberg L.P.