Bolsas

Câmbio

Grupo que administrava US$ 1,2 bi no JPMorgan monta companhia em Miami

Hugh Son

(Bloomberg) -- Funcionários do JPMorgan que administravam US$ 1,2 bilhão partiram para uma empreitada própria, ajudados por uma empresa iniciante do Vale do Silício ligada à Palantir Technologies, companhia de análise de dados.

David Savir, 32 anos, e Carlos Dominguez, 43, saíram do JPMorgan no mês passado para fundar a Element Pointe Advisors, em Miami, que fará gestão de fortunas. Clientes com patrimônio superior a US$ 50 milhões geralmente têm ativos em parcerias e fundos familiares administrados por diversas instituições, disse Savir em entrevista.

"Até pouco tempo atrás, era muito demorado obter um retrato em tempo real das participações em ações de uma pessoa por meio de todas essas entidades e contas", disse Savir. "Não sei se seria possível analisar todos esses dados diariamente sem a tecnologia disponível atualmente."

O grupo, que inclui Tarek El Gammal-Ortiz, que também já trabalhou no JPMorgan, é mais um exemplo do movimento de profissionais que deixam grandes bancos e passam a atuar independentemente, à medida que novas tecnologias facilitam análise de dados, negociação de instrumentos financeiros e prestação de contas. Entre os novos produtos estão o software da Addepar, sediada em Mountain View, na Califórnia, que ajuda a acompanhar exposições em uma carteira, atualizar valores de investimento em tempo real e gerar relatórios com um clique. Um dos fundadores da Addepar também participou da fundação da Palantir, empresa de coleta de dados que tem apoio da Agência Central de Inteligência (CIA) dos EUA.

Visão clara

"Estamos excepcionalmente impressionados" com a Addepar, disse Savir. "Compreender a cada momento qual é a exposição a diferentes ações e regiões geográficas, ter uma visão clara de todas as contas e conseguir uma granularidade que chega aos ativos de um indivíduo - isso é enormemente importante."

Clientes ricos - muitas vezes empreendedores que venderam seus negócios - costumam espalhar seus investimentos entre diversos consultores, afirmou Savir. Em vez de tentar se sobrepor a esses relacionamentos, a Element Pointe oferece um novo tipo de serviço de diretoria de investimentos para supervisionar esses gestores.

Consultores independentes podem considerar fundos mútuos menores e outros investimentos que os bancos costumam rejeitar porque os fundos não podem suportar grandes entradas de dinheiro, explicou Dominguez. Eles também ganharam mais acesso a fundos de private equity e hedge funds, diante da popularização de family offices que administram fortunas.

"Os fundos agora estão disponíveis para pontos de investimento bem mais baixos do que no passado, por isso podemos economizar muito dinheiro para nossos clientes ao não acrescentar uma segunda camada de comissões que chegam com conduítes como o JPMorgan e outros grandes bancos", disse Dominguez.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos