Bolsas

Câmbio

Soros reduz posição em ações dos EUA em 37% e aposta em ouro

Jesse Riseborough e Saijel Kishan

(Bloomberg) -- O bilionário George Soros reduziu em mais de um terço os investimentos de sua firma em ações dos EUA durante o primeiro trimestre e comprou uma participação de US$ 264 milhões na maior produtora de ouro do mundo, a Barrick Gold.

O valor dos investimentos públicos do Soros Fund Management caiu 37 por cento, para US$ 3,5 bilhões, até o fim do último trimestre, de acordo com um documento do governo na segunda-feira. Soros adquiriu 1,7 por cento da Barrick, que passou a ser o maior ativo da firma em uma empresa negociada em bolsa nos EUA. Soros também divulgou a posse de opções de compra em 1,05 milhões de ações no SPDR Gold Trust, um fundo negociado em bolsa que monitora o preço do ouro.

Soros, que acumulou um patrimônio de US$ 24 bilhões através de apostas habilidosas nos mercados, alertou sobre os riscos apresentados pela economia chinesa, argumentando que a economia estimulada por dívidas é semelhante à dos EUA em 2007-2008, antes de os mercados de crédito entrarem em crise e provocarem uma recessão mundial. Em janeiro, o ex-gerente de hedge fund que agora é filantropo disse que um pouso forçado na China era "praticamente inevitável" e acrescentou que uma queda assim intensificaria as pressões deflacionárias mundiais, faria com que as ações caíssem e daria um impulso aos títulos do governo dos EUA.

Soros vendeu uma participação na Level 3 Communications que estava avaliada em US$ 173 milhões até o dia 31 de dezembro e um ativo na Dow Chemical , avaliado em US$ 161 milhões. A empresa familiar também vendeu suas participações na Endo International e na Delta Air Lines.

Perspectiva de Druckenmiller

O ex-diretor de estratégia da firma de Soros, o investidor bilionário Stan Druckenmiller, também é otimista em relação ao ouro. No início deste mês ele disse que o ouro era sua maior alocação cambial porque os bancos centrais estavam fazendo experimentos com o "conceito absurdo de taxas de juros negativas".

O ouro para entrega imediata deu um salto de 16 por cento nos três primeiros meses do ano, o maior aumento trimestral desde 1986, de acordo com os preços genéricos da Bloomberg. As ações da Barrick, com sede em Toronto, mais do que dobraram neste ano porque a mineradora está intensificando medidas para cortar custos e reduzir despesas. A Barrick registra alta de 39 por cento desde 31 de março.

Soros devolveu o dinheiro de investidores externos há cinco anos e atualmente sua empresa com sede em Nova York administra seu próprio patrimônio. Michael Vachon, porta-voz de Soros, preferiu não comentar sobre os ativos da firma.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos