Bolsas

Câmbio

Dívida da mexicana ICA ameaça futuro como 'empresa em atividade'

Andrea Navarro

(Bloomberg) -- A Empresas ICA, a construtora mexicana que deu calote em US$ 1,35 bilhão em títulos no ano passado, disse que seus problemas com dívidas podem impedir que ela continue como uma "empresa em atividade".

A construtora disse que poderia se ver forçada a entrar com pedido de recuperação judicial se as negociações de reestruturação não forem bem-sucedidas. Os credores também podem iniciar procedimentos de reorganização involuntária, disse a ICA em um fato relevante nos EUA na terça-feira.

"Nossa liquidez insuficiente poderia afetar seriamente a nossa capacidade de continuar como uma empresa em atividade", disse a ICA, usando uma linguagem que não apareceu em um documento semelhante do ano passado. O futuro da ICA "também poderia ser afetado por nossa impossibilidade geral de pagar nossa dívida e outras obrigações de pagamento, como impostos e acordos de empréstimos com garantia", segundo o documento.

A empresa está tentando reestruturar suas obrigações após ter dado o maior calote de títulos do México pelo menos desde 1995, quando a Moody's Investors Service começou a monitorar esses dados. O prejuízo auditado da ICA em 2015 foi de 20,4 bilhões de pesos (US$ 1,1 bilhão).

"Nosso futuro depende da nossa capacidade de conseguir refinanciar ou reestruturar a nossa dívida", disse a construtora no documento. "Se tivermos que liquidar as nossas operações, os detentores da nossa dívida e os acionistas provavelmente sofrerão um prejuízo significativo".

As ações da empresa caíram 17 por cento neste ano, após caírem 80 por cento em 2015.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos